Você sabe o que é lighting design e o que faz um profissional de lighting design?  

Hoje, vamos explicar um pouco sobre essa técnica e o trabalho desse especialista que atua  em projetos de iluminação, para tornar os ambientes mais agradáveis e apropriados para o  uso aos quais se propõem. 

Afinal, a luz revela e esconde cores e contrastes, formas, volumes e materiais, e seu uso em  excesso é tão prejudicial quanto sua ausência. 

O que é? 

O ‘lighting design’ (ou ‘design de iluminação’) é o uso de soluções técnicas de iluminação, buscando resultados que mesclem estética e conforto espacial.  

Como é visualmente que absorvemos a maior parte das informações do nosso dia-a-dia, a iluminação, natural e artificial combinadas, influenciam muito na nossa percepção, no conforto e na qualidade de um espaço. 

Aplicando seu conhecimento técnico, o lighting designer faz as pessoas perceberem o  espaço, escolhendo o que deixar à sombra e o que ressaltar, criando ambientes em que o  conforto e o bem-estar predominam e os principais detalhes arquitetônicos são realçados.

Porque contratar um Lighting Designer? 

A luz é o meio para nossa percepção do espaço e, para criar uma solução de iluminação que una conforto e estética, mesclando luz natural e artificial, é necessário um projeto específico no qual se analisa a qualidade da iluminação natural dos espaços existentes e se faz a distinção entre luminárias decorativas e luminárias técnicas, já que cada uma tem sua função e uso corretos. 

O lighting designer aproveita a luz natural não só como iluminação, mas também como forma  de interação e integração entre os ambientes interno e externo, selecionando fontes de luz  artificial complementares, com lâmpadas específicas e temperaturas de cores distintas para  cada uso, de dia e à noite, situando o indivíduo no espaço e no tempo. 

Como nenhuma fonte de luz artificial substitui a luz natural, se a luz artificial for utilizada de  forma incorreta, ela reduzirá, também, nossa habilidade natural de percepção e distinção de cores, texturas, formas e volumes que compõem os espaços, influenciando no seu conforto, na sua qualidade e no seu uso.

Vale a pena? 

Um bom projeto de iluminação analisa o uso que será dado ao espaço, entende o gosto, as  necessidades e as exigências dos usuários, estuda volumes, texturas e materiais dos  ambientes, incorporando à estes o significado do uso correto da luz, natural e artificial, em  ambientes internos e externos, para proporcionar o conforto e bem estar dos seus usuários,  além de resultados visuais que, acima da beleza estética, também podem influenciar não só  em questões de segurança como, inclusive, em economia de custo. 

Ou seja: são detalhes que fazem toda a diferença! 

Exemplos 

Veja abaixo mais exemplos de trabalhos de lighting design feitos pelo nosso escritório:

Quer saber mais sobre esse tipo de projeto? Fale conosco.